Confecções de cartazes fizeram parte das atividades do “18 de maio” em Tacima

Estudantes da Rede Municipal de Ensino de Tacima e usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Cidade confeccionaram nesta quinta (18), cartazes alusivos ao dia 18 de maio, dia nacional de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes.


A atividade faz parte da programação de mobilização para o “dia D” no Município, que acontecerá no próximo dia 23 (terça-feira), com uma caminhada e entrega de folders nas principais Ruas da Cidade.


O Conselho Tutelar da Cidade visitou algumas Escolas do Município esta semana, levando informações para os alunos, a fim de informa-los quanto ao crime de abuso sexual de crianças e adolescentes, e os meios para combater essa prática criminosa.


Sobre a data


No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O  “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.